Histórias de Vida

O Haiti Aqui reúne diferentes migrantes para falar dos desafios, alegrias e da sua jornada de migração.

Daqui pra lá, de lá, pra cá.. 

Jean Baptiste

Jean Baptiste é articulador social do Projeto Haiti Aqui, do Viva Rio, onde realiza atendimentos e e auxilia a comunidade haitiana no Brasil. Também toca na banda de konpa, Makòs.

Blaisdine Pierre, a Belove

Blaisdine Pierre, a Belove, está há dois anos no Brasil. É haitiana de Porto Príncipe. Gosta de praia, por isso escolheu o Rio de Janeiro para viver.

Jocelyn

Jocelyn é representante do comitê de haitianos da Igreja que frequenta no bairro de Curicica, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde ministra cultos em creole.

Clark Cave

O projeto Haiti Aqui, em parceria com o Depòte, conta a história do haitiano Clark Cave na sua chegada no Brasil.

Paolo Parisi

O projeto Haiti Aqui, em parceria com o Depòte, entrevistou o padre da Missão Paz, em São Paulo, que contou seu trabalho com os Haitianos.

Surprise 69

O projeto Haiti Aqui, em parceria com o Depòte, conta a história da banda haitiana Surprise 69, um rap que nasceu entre 3 jovens em São Paulo.

Woody Jean Louis: “Já me sinto em casa”

Woddy participava de um culto em uma igreja evangélica quando o terremoto atingiu Porto Príncipe. “Já tinha visto catástrofes na TV e minha primeira reação foi sair correndo, meu irmão veio atrás”, lembra.

Robert Montinard

Robert Montinard, articulador do projeto Haiti Aqui, conta a realidade dos haitianos no Brasil, entre as cidades de São Paulo e do Rio. Um vídeo em parceria com o Depòte.

Aprendizado movido a curiosidade

Handy estava no terceiro período da Faculdade de Gestão Empresarial antes de viajar. Morava com a mãe, a professora Marie Anne, e a irmã Ludgie, de 35 anos.

Marie Florence quer fazer a diferença

Se não fosse pelas saudades da família, Marie Florence Thélusma, 26 anos, está plenamente feliz no Brasil. Obstinada, ela realiza na UFF,, o sonho de estudar Ciências Econômicas.

Marina, uma haitiana de tirar o fôlego

O dia em que os produtores de moda descobrirem a haitiana Marina Mathieu, ela certamente terá de mudar de ideia quanto a seu desejo de terminar o curso de Comunicação na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Facebook By Weblizar Powered By Weblizar